Bairro de Alfama e Rio Tejo em Lisboa

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Longe dos olhos

Fotografia de Alice Albuquerque

Vejam lá uma adivinha muito fácil... Qual é o provérbio espanhol que se corresponde com este provérbio português?


Longe dos olhos, longe do coração.



É isso, aquilo que não vemos, é fácil que não nos toque nos sentimentos, no coração.


2 comentários:

Manuela Caeiro disse...

O Google ajudou-me na tradução: "fuera de vista fuera de la mente"... :-)
Qual é a solução?

Pedro Cuadrado disse...

É assim, Manuela:


"Ojos que no ven, corazón que no siente"

Um abraço