Bairro de Alfama e Rio Tejo em Lisboa

terça-feira, 19 de junho de 2018

Uma foto e música para a despedida

Fotografia de Thamires Hauc


Eu queria despedir-me dos alunos de 1º e 2º da ESO, mas... como  que eu faço? Pronto. Com um postal do Brasil e uma canção portuguesa que fala do verão, embora eu sempre peça aos alunos em dias como estes para lerem nas férias grandes, porque o tempo é muitooo.

Boas frias e divirtam-se! Para aqueles com disciplinas reprovadas, força!, e que também se divirtam!
 
Uma bela vista de parte da cidade do Rio de Janeiro, que não é a capital do Brasil, como  ainda julgam alguns alunos. É Brasília.

"A primeira capital do Brasil foi Salvador. Em 1763, a capital do Brasil foi transferida de Salvador para o Rio de Janeiro, pois o ouro e os diamantes passaram a ser escoados pelo porto do Rio de Janeiro, aumentando a sua importância econômica e política. Em 1961, o Rio de Janeiro perdeu o título de Capital Federal para a Cidade de Brasília."(Sogeografia)




Eu gosto é do verão é uma canção do grupo de pop português Fúria do Açucar:
.

 


Eu gosto é do verão

Na primavera o amor anda no ar.
Na primavera os bichos andam no ar.
Na primavera o pólen anda no ar
E eu não consigo parar de espilrar.

No verão os dias ficam maiores.
No verão as roupas ficam menores.
No verão o calor bate recordes
E os corpos libertam seus suores.

Eu gosto é do verão
De passearmos de prancha na mão.
Saltarmos e rirmos na praia
De nadar e apanhar um escaldão.
E ao fim do dia, bem abraçados
A ver o pôr-do-Sol
Patrocinado por uma bebida qualquer.

No outono a escola ameaça abrir.
No outono passo a noite a tossir.
No outono há folhas sempre a cair
E a chuva faz os prédios ruir.

No inverno o Natal é baril.
No inverno ando engripado e febril.
No inverno é verão no Brasil
E na Suécia suicidam-se aos mil

E ao fim do dia, bem abraçados
A ver o pôr-do-Sol
Patrocinado por uma bebida qualquer.
Patrocinado por uma bebida qualquer.
Qualquer.






segunda-feira, 18 de junho de 2018

Repetimos: Os Mutantes cantam "A minha menina"


Repetimos esta canção da banda brasileira chamada Os mutantes. De que ano é que será A minha menina? O que é que acham?


A MINHA MENINA

Ela é minha menina
Eu sou o menino dela
Ela é o meu amor
E eu sou o amor todinho dela
A lua prateada se escondeu
E o sol dourado apareceu

Amanheceu um lindo dia
Cheirando a alegria
Pois eu sonhei
E acordei pensando nela

Pois ela é minha menina
E eu sou o menino dela
Ela é o meu amor
E eu sou o amor todinho dela

A roseira já deu rosas
E a rosa que eu ganhei foi ela
Por ela eu ponho o meu coração
Na frente da razão
E vou dizer
Pra todo mundo
Como gosto dela

Pois ela é minha menina
E eu sou o menino dela
Ela é o meu amor
E eu sou o amor todinho dela

Minha menina,
Minha menina...







Cristiano Ronaldo x 2


Caricatura de Gilmar Fraga, publicada no domingo, 19 de janeiro de 2014, na editoria de Opinião do Jornal Zero Hora, de Porto Alegre, estado de Rio Grande do Sul, no Brasil.




E Herman Lee, na Madeira, onde o Cristiano nasceu, fez este desenho de Cristiano Ronaldo, em 2012.





quinta-feira, 14 de junho de 2018

Oláaaaaa!


A fotografia desta vaquinha é de Paul Jackson, que vive na Inglaterra. Parece que ela está a cumprimentar-nos, não acham?





A saltar à corda


Algures no Brasil, que é um país enormeeee, uma menina diverte-se a saltar à corda.

Alunas, vocês já não se divertem desta maneira? Perguntem às vossas mães!



Rua de Macau em LIsboa



Fotografia de Américo Meira.




quarta-feira, 13 de junho de 2018

"Dá dois pulos de contente..." (Fernando Pessoa)

Fotografia de Marluza


Pulo é "ação de pular, salto". Leiam este poema de Fernando Pessoa, há muitos pulos, muitos saltos. Hoje recordamos que Pessoa nasceu a 13 de junho de 1888. Tão grande poeta...


Dá dois pulos de contente,
Dá dois pulos a pular,
Dá dois pulos
Dá dois pulos
Dá dois pulos pelo ar

Pim, pim, pim, pim, pim, pim
Pim, pim, pim, pim, pim, pá
Quando a gente não se avista
Quando a gente não se avista
A gente não se avista
É a única coisa que há.

Mas pula, pula
Pula enquanto cá não estou
Antes tu pules,
Pules, pules, pules, pules,
Que sejas quem já pulou.

Pim, pim, pim, pim,
Pim, pim, pim, pá
Pula lá que quando eu vir
Também eu pularei cá.

Pula que pá
Pula que pim,
Dá dois pulos de contente,
Dá dois pulos com a gente
Que para isso é que eu vim.

Fernando Pessoa 

(Poesia 1931-1935 e não datada, Assírio & Alvim, ed. Manuela Parreira da Silva, Ana Maria Freitas, Madalena Dine, 2006)






terça-feira, 12 de junho de 2018

Vejam que beleza dos mares!



Uma bonita baleia. As baleias são mamíferos, como nós..., e como tantos outros animais a vida delas está em risco. Espero que quando tiverem a idade dos vossos pais, ainda haja baleias no mundo!






(Autor da fotografia não indicado)


Meios de transporte e preposições


Revisão do vocabulário dos meios de transporte e das preposições a usar. Reparem na diferença com a nossa língua:

Vou + Venho + Volto + Viajo de comboio / autocarro / avião / metro / carro / barco / bicicleta...

Mas, cuidado aqui...

Vou no carro do meu irmão / no meu carro / na bicicleta do João


Mais alguma coisa retirada do blogue Aprende português em Huelva:

  • Eu vou à praia de carro.
  • A Maria vai de bicicleta para a escola.
  • Vamos a Sintra no comboio das 10h30.
  • Eu vou para o trabalho na minha mota.
 
Preposição DE + Transporte = Usa-se para falar de transportes indeterminados.

Preposição EM + Transporte = Usa-se para falar de transportes determinados.

Atenção: A preposição EM é sempre contraída dependendo do género do transporte utilizado.

Recordamos as contrações desta preposição:

em + o = no
em + a = na
em + os = nos
em + as = nas


E do nosso blogue vale a pena voltar a ver: "Meios de transporte"