Bairro de Alfama e Rio Tejo em Lisboa

quinta-feira, 20 de abril de 2017

A viajar de elétrico por Lisboa







Uma janela para o Iván



De certeza que o Iván, da turma do 1º D, poderá debruçar-se desta janela, ou da outra cá em baixo, porque de uma "chanela" não o poderia fazer... Reparem no som do j [ʒ], é bem diferente do som representado pelas letras ch, ou x, já sabem: [ʃ]

Ah, por causa da janela lembrei-me de uma bonita canção tradicional do Alentejo intitulada Menina estás à janela, que recolheu, arranjou e canta o nosso amigo Vitorino. Clicamos no link e ouvimos.



 Menina na janela (Fotografia de Sílvio Riechi)





Revisão dos indefinidos



E não se esqueçam dos indefinidos invariáveis:


Para pessoas: alguém / ninguém

Para coisas: tudo (= todas as coisas) / nada



quarta-feira, 19 de abril de 2017

"Viajar! Perder países!" (Fernando Pessoa)


    Viajar! Perder países!
    Ser outro constantemente,
    Por a alma não ter raízes
    De viver de ver somente!
    Não pertencer nem a mim!
    Ir em frente, ir a seguir
    A ausência de ter um fim,
    E a ânsia de o conseguir!

    Viajar assim é viagem.
    Mas faço-o sem ter de meu
    Mais que o sonho da passagem.
    O resto é só terra e céu.

    Fernando Pessoa, 20-9-1933




terça-feira, 18 de abril de 2017

Os meus a migos (António Torrado)


Reuniu-se a família. Veio a avó, o pai, a mãe, o miúdo mais graúdo, o miúdo mais miúdo, e a prima Elisa que nunca falta a estas coisas. Reuniu-se por tanto a família toda à volta de uma mesa. Não era dia de Natal. Não era dia de anos. Era um dia qualquer...

António Torrado, Os meus amigos




23 de abril - Dia Mundial do Livro



Voltamos das férias da Páscoa a recordar que nesta semana calha em domingo o dia 23 de abril, Dia Mundial do Livro...






quinta-feira, 6 de abril de 2017

João e Maria (Chico Buarque e Nara Leão)



Não é bonita esta canção com música de Sivuca e letra de Chico Buarque, que canta com a sua querida amiga, Nara Leão? Fica logo no ouvido, quer dizer, é "pegadiza", como nós dizemos em espanhol, não é?

É uma canção brasileira e os brasileiros usam você mais a terceira pessoa, onde os portugueses usam tu mais a segunda pessoa.

*********************

Sirva esta bonita música como despedida até ao nosso regresso. Cá estão as férias da Páscoa, meninas e  meninos.

Descansem e reservem um bocado do vosso tempo para a leitura...







Quem é que não gosta do mar?




Eu gosto do mar
Tu gostas do mar
Ele, ela, você, o senhor, a senhora gosta do mar
Nós gostamos do mar
Vocês, os senhores, as senhoras gostam do mar
Eles, elas gostam do mar

Toda a gente gosta do mar!


Será que alguém não gosta? De certeza, haverá, mas poucos, acho eu. E vocês, gostam ou não gostam?




quarta-feira, 5 de abril de 2017

A saltar da ponte D. Luís para o rio Douro



Desporto de risco? Se vocês fossem mais velhos, saltavam? Se não apreciam a altura de onde estes jovens vão saltar para as águas do rio Douro, reparem na fotografia. A altura desde o tabuleiro inferior da ponte até a água é de 25 m




A Ponte Luís I ou Luiz I, popularmente também chamada Ponte D. Luís, é uma ponte em estrutura metálica com dois tabuleiros, construída entre os anos 1881 e 1888, ligando as cidades do Porto e Vila Nova de Gaia (margem norte e sul, respectivamente) separadas pelo rio Douro, em Portugal.

Esta construção veio substituir a antiga ponte pênsil que existia no mesmo local e foi realizada mediante o projecto do engenheiro belga Théophile Seyrig, que já tinha colaborado anteriormente com Gustave Eiffel na construção da ponte Maria Pia, ferroviária.

A ponte foi inaugurada em 1886 (tabuleiro superior) e 1888 (tabuleiro inferior e entrada em total funcionamento)

(Wikipédia)



terça-feira, 4 de abril de 2017

A cadeira não é um baloiço. A cadeira não é um baloiço...



Dedicado para a Zaira, a Violeta, a Carla, o André, o Carlos... Esqueço-me de alguém?

A cadeira não é um baloico.

A cadeira não é um baloico.

A cadeira não é um baloico.

A cadeira não é um baloico.

A cadeira não é um baloico.









Isto é uma cadeira de baloiço. Como é que se chama em espanhol? Se calhar, estes alunos gostavam de ter cadeiras de baloiço na sala de aula...






Será este um livro de bolso?



Parece que não é... 😊





segunda-feira, 3 de abril de 2017

Algumas mudanças de género

Uma árvore

Por via de regra, há coincidência entre o género das palavras espanholas e das portuguesas, mas há uma série delas muito comuns que mudam: masculinas em espanhol e femininas em português e, ao contrário, femininas em espanhol e masculinas em português.

PALAVRAS MASCULINAS EM ESPANHOL

a viagem
a garagem
a origem
a ponte
a cor
a dor
a árvore
a laranjeira
a pereira
a macieira  (e muitas mais árvores de fruto)


PALAVRAS FEMININAS EM ESPANHOL

o leite
o mel
o nariz
o postal
o sangue
o ensino (lembrem-se: Escolade ensino secundário)
o riso
o sorriso
os legumes
o costume (todas as palavras acabadas em -ume)
os croquetes
o bê, o agá, o jota, o xis... (todos os nomes das letras são masculinos em português)

Desse modo, os adjectivos que acompanham estas palavras devem concordar com o género, como é lógico, da palavra portuguesa:

"A leite é boa" (erro, estamos a pensar em espanhol) deve ser  O leite é bom

"A sal é branca" (erro) deve ser O sal é branco

"Ela tem uma nariz bonita" (erro, mais uma vez) deve ser Ela tem um nariz bonito.





O leite é branco

 Alguém adulterou leite no Brasil com água oxigenada

Recuperamos esta mensagem porque ainda há alunos que  pensam que a palavra leite é feminina em português, como acontece em espanhol.

Pois é, o leite, e não a leite. A palavra espanhola "leche" é feminina, sim, mas a palavra portuguesa leite é masculina, e daí o artigo, e a concordância com o adjetivo:

O leite é bom 
O leite é branco

Se o leite não é de boa qualidade, teríamos de dizer, é claro, que o leite é mau.
Quais são os diferentes tipos de leite comercializados? Leite gordo, leite meio-gordo e leite magro.