Bairro de Alfama e Rio Tejo em Lisboa

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Ó rama, ó que linda rama (Vitorino e Mª Teresa Silva Carvalho)


Ó rama, ó que linda rama é uma canção tradicional do Alentejo, a região portuguesa vizinha da nossa Comunidade.

É a segunda vez que esta canção pode ser escutada aqui. Mais uma vez? Porquê? Porque é muito bonita e podemos escutá-la em duas versões: a de Vitorino e a de Maria Teresa Silva Carvalho.


Ó rama, ó que linda rama.
Ó rama da oliveira!
O meu par é o mais lindo
Que anda aqui na roda inteira!

Que anda aqui na roda inteira,
Aqui e em qualquer lugar,
Ó rama, que linda rama,
Ó rama do olival!

Eu gosto muito de ouvir
Cantar a quem aprendeu.
Se houvera quem me ensinara,
Quem aprendia era eu!

Não m'invejo de quem tem
Parelhas, éguas e montes;
Só m'invejo de quem bebe
A água em todas as fontes.