Bairro de Alfama e Rio Tejo em Lisboa

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

O que é um mealheiro?

Um mealheiro em barro artesanal

Hoje pude comprovar que havia alunos na turma de 1º A que conheciam o significado das palavras poupança e poupar, mas nao sabiam o que era um mealheiro ou um porquinho mealheiro.

Um mealheiro, diz-nos um dicionário, é um "Recipiente fechado, com uma pequena fenda ou ranhura por onde se introduz o dinheiro que se pretede poupar ou amelhar; pequeno cofre".





Um mealheiro com forma de zebra


E porquinho-mealheiro, porquê? Porque é que há tantos mealheiros com essa forma? Encontrámos aqui uma ajuda:



Há muito tempo, na Inglaterra medieval, as pessoas utilizavam nas suas cozinhas ânforas e jarros feitos de um tipo de argila designada em inglês por «pygg», onde por vezes guardavam o dinheiro que desejavam poupar. Com o tempo, o som desta palavra tornou-se idêntico ao da palavra pig, que significa porco, e estes recipientes tornaram-se conhecidos por pygg banks ( bancos pygg). Não demorou muito para que um perspicaz empreendedor tivesse a ideia de criar um pygg bank em forma de porco, ideia que se estendeu ao resto do mundo. E assim nasceu o porco-mealheiro.

Outra história que encontrámos na Wikipédia refere que a invenção de usar o porquinho como cofre (designado vulgarmente como porquinho-mealheiro) é atribuída ao engenheiro francês Sebastien la Pestre, no século XVII. Por esta versão, Pestre, que para além de ser um engenheiro militar era também criador de suínos, teria calculado que em dez anos uma porca pode produzir seis milhões de filhotes e concluiu que este animal representaria bem a ideia de economizar. O porquinho-mealheiro mais clássico é representado na cor rosa, mas todas as outras cores também são comuns. Geralmente, quando cheio, o porquinho é quebrado, mas hoje em dia já existem versões com tampas na parte de baixo, que são removíveis, ou seja, quando o poupador quiser, pode retirar as suas economias.