Bairro de Alfama e Rio Tejo em Lisboa

segunda-feira, 27 de abril de 2015

A vida teima sempre



Aproveitando os pedaços de azulejos que faltam na parede, uma planta cresce... É a vida.