Bairro de Alfama e Rio Tejo em Lisboa

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Qual "camareiro"? Empregado de mesa!

Fotografia de Jonas Batista na cidade do Porto, junto ao famoso café Majestic.


É verdade que há muitas palavras terminadas em -eiro/-eira em português que se correspondem com palavras terminadas em -ero/-era na nossa língua (bombeiro, carpinteiro, enfermeiro/a, primeiro/a, terceiro/a, palmeira, maneira, madeira, solteiro/a...), mas eu disse que uma das mais elementares exceções era a palavra empregado de mesa. Cuidado com os "camareiros"! Não há em Portugal!

Já sabem aqueles que ainda tenham esta palavra na cabeça. Podem esquecer e aprender como é que se diz:

empregado/a de mesa (ou empregado/a)

Ah, e aqueles que trabalham ao balcão (cuidado! falso amigo, "mostrador") de um bar, uma pastelaria... Não há problema: empregado/a de balcão (ou simplesmente empregado/a).