Bairro de Alfama e Rio Tejo em Lisboa

quarta-feira, 2 de março de 2016

Minho continua a ser rio, não é possessivo



Pois é! O possessivo feminino da primeira pessoa, eu, é minha com palavras femininas, mas meu com palavras masculinas.

O meu pai 
O meu lápis
O meu caderno
O meu livro 

Os meus amigos
Os meus sapatos
Os meus óculos
Os meus primos


Para além de estudar e praticar os possessivos no livro e nas fotocopias, temos no blogue esta mensagem: "Alunos do 1º ano - Os possessivos". Podem clicar no link.


Então, minho? Para quem se esqueceu, repito "O Minho é um rio", e mais nada!


O Minho (em espanhol e em galego Miño) é um rio internacional que nasce a uma altitude de 750 m na serra de Meira, na Comunidade Autónoma da Galiza e percorre cerca de 340 quilómetros até desaguar no oceano Atlântico a sul da localidade da Guarda e a norte de Caminha. Nos últimos 75 quilómetros do seu percurso, entre Melgaço e a foz, o Minho serve de fronteira entre Espanha e Portugal.

(Wikipédia)