Bairro de Alfama e Rio Tejo em Lisboa

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Ler é uma delícia: "O Vento Norte e o Sol"




Como dizer que "ler é uma delícia" e não ter nada para ler.
 

O Vento Norte e o Sol

Uma disputa surgiu entre o Vento Norte e o Sol, cada um afirmando que era mais forte do que o outro. Para provar o que cada um dizia, eles concordaram em mostrar seus poderes sobre um viajante que, vestindo um casaco, caminhava pela calçada.

Ficou acertado entre eles, o Vento e o Sol que, quem conseguisse fazer o homem tirar o casaco, era o mais forte.

O Vento começou. Soprou violentamente contra o homem, mas quanto mais soprava, mais o homem segurava firmemente seu casaco contra o corpo. Exausto de tanto tentar, o vento desistiu.

Então chegou a vez do Sol. Saindo detrás das nuvens, o Sol lançou gentilmente seus raios sobre o homem, que, sentindo um leve calor, logo desabotoou seu casaco. O Sol aumentou um pouco seu brilho e o homem, em seguida, retirou o casaco e, segurando-o no braço, continuou a caminhar alegremente sobre os suaves raios do Sol.


Moral da história: Persuasão e gentileza são melhores do que a força.