Bairro de Alfama e Rio Tejo em Lisboa

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Há ou à?



É muito comum a confusão entre o «a com agá e com acento agudo» (há) ou o «a sem agá e com acento grave» (à). De facto, não é a mesma coisa que à, pelo que estas palavras não podem ser usadas nas mesmas situações.

Cá temos uma ajuda dupla para distinguir estas duas palavras (há um vídeo) do Espaço da Língua Portuguesa da Porto Editora:

é a terceira pessoa do singular do presente do indicativo do verbo haver. É invariável e tem o sentido de:

- existir::

Há muitos ninhos naquela árvore.
Há uma hora certa para atendimento ao público.

- acontecer:

Há muitos acidentes ali.
Há sempre algo que me faz rir.

- fazer:

Há cinco anos que não chovia.

Há mais de dez anos que não te vejo.

Já cheguei há 10 minutos.

Aconteceu há pouco tempo.

Há uma hora e vinte minutos que eu estou à espera.





À é a contração da preposição a com o artigo definido, no feminino, singular, a, que se fundiram num só vocábulo. Esta fusão é assinalada pelo acento grave:

O João foi à loja.
Almocei à uma hora.
Às três horas estava pronta para sair.
Vou chegar à hora indicada.


Reparem: já timnha sido publicada no blogue uma mensagem intitulada "HÁ: 3ª pessoa do presente do verbo HAVER"