Bairro de Alfama e Rio Tejo em Lisboa

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Resumo da nossa visita ao Fluviário de Mora


No dia 2 de abril um grupo formado por alunos de Português de todas as turmas do 2º ano da ESO visitaram o Fluviário de Mora.

Tivemos um bocado de chuva, mas acho que não podemos considerar que fosse um mal dia, e que valeu a pena esta viagem.

Os alunos preencheram uma ficha elaborada pelo Departamento de Ciências Naturais sobre alguns dos peixes e plantas que se podiam observar no Fluviário.

Lá puderam observar as diferentes espécies de peixes que vivem num rio ibérico, a zona tropical com piranhas, pererecas, peixes próprios daquelas latitudes e uma boa. E também as lontras: havia tantas!

Na viagem de regresso para Badajoz fizemos uma paragem em Pavia para os alunos conhecerem a anta-capela de S. Dinis.



Alunos a observar e a trabalhar




Exterior do Fluviário. As lontras estão à direita


Uma das muitas rãs que pudemos ver


A fazer tempo na barragem para vermos a alimentação das lontras


A barragem estava a largar água.


 Cinco amigas


 Parece que as lontras não têm muita fome...


 A anta-capela de S. Dinis em Pavia


 Interior da anta-capela






Voltamos para trás. Da net retirei esta fotografia das lontras porque não ficaram bem com a minha máquina.


 Bebés lontra do Fluviário