Bairro de Alfama e Rio Tejo em Lisboa

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Lenço dos Namorados



Vejam os dizeres deste lenço bordado por uma mulher que nasceu no Alentejo. As palavras refletem a pronúncia. Quem fez este lenço, infelizmente não pôde ir à escola o tempo preciso para escrever como seria desejável, mas aqui tanto faz. O que conta é a intenção dessa jovem, a mensagem que ela dá com o seu trabalho no lenço, não é?




Curação por curação
Amor num troques o meu
Olha que meu curação
Sempre foi lial ó teu


_________________________

Coração por coração
Amor não troques o meu
Olha que meu coração
Sempre foi leal ao teu