Bairro de Alfama e Rio Tejo em Lisboa

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Origem dos nomes dos dias da semana




Os alunos espanhóis que aprendem português ficam surpreendidos com os nomes de cinco dos sete dias da semana nesta língua: segunda-feira, terça-feira, quarta-feira, quinta-feira e sexta-feira.

Há calendários que começam com o domingo e outros que começam com a segunda-feira.

Em alguns países, como os anglo-saxões, a semana começa no domingo, enquanto que noutros começa na segunda-feira, que, na cultura popular, é considerado o dia mais "chato" de todos pois é o primeiro dia de trabalho depois do fim de semana. Mas no fim de contas, até os anglo-saxões consideram a segunda-feira (Monday) o primeiro dia da semana.

Cada dia da semana foi originalmente associado pelos pagãos com um dos seus deuses.

A Igreja católica combateu os nomes pagãos, mas a campanha só vingou no continente europeu em Portugal. Adoptou-se este esquema: prima feria, secunda feria, tertia, quarta, quinta, sexta, septima feria. Feria significa “dia de festa”, “dia santo” em latim. A Igreja santificou os dias da semana. Depois o primeiro dia receberia o nome de “dia do Senhor” (Dominicus dies). Por influência judaica, o sétimo se denominou “dia sétimo”, “dia do sabá” (sabbatum).

(Wikipedia: muito mais completo. Adaptado)


Vejam os nomes dos dias da semana em latim e em outras línguas românicas:


Latim: dies Lunae – dies Martis – dies Mercuri – dies Iovis – dies Veneris – Saturni (sabbata, sabbatum) – dies Solis (dies Domini, Dominica)

Catalão: dilluns – dimarts – dimecres – dijous – divendres – dissabte – diumenge

Francês: lundi – mardi – mercredi – jeudi – vendredi – samedi – dimanche

Italiano: lunedì – martedì – mercoledì – giovedì – venerdì – sabato – domenica

Romeno: luni – marti – miercuri – joi – vineri – sambata – duminica