Bairro de Alfama e Rio Tejo em Lisboa

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Baião do Tomás (Luiz Tatit)


Uma canção muito engraçada do cantor brasileiro Luiz Tatiz, que se intitula Baião do Tomás. Reparem quantos nomes de parentesco: filho, pai, avô, mãe, padrinhos, primos, tios...


BAIÃO DO TOMÁS



Quando o filho do filho do pai

Nasceu tão bem

O avô que era pai do seu pai

Foi ver o neném

Ele viu que seu filho sorria

Isso já lhe agradou

Era o filho que o filho queria

E que agora chegou

Tinha um pouco do pai

E mais um pouco do avô



Quando a mãe desse filho do pai

Teve o neném

A avó que era mãe dessa mãe

Não passou bem

Ela via que a filha sofria

Isso lhe dava dó

Mas o filho da filha trazia

Uma alegria só

Tinha um pouco da mãe

E mais um pouco da avó



Muitos tios e tias

Já davam sinais

Que queriam ser os padrinhos

Só falavam desse sobrinho

Muitos outros filhos

Dos irmãos dos pais

Os maiores e os pequeninos

Não tiravam os olhos do primo

Que dormia em paz

Sonhava com os pais

Avós dos pais

E todos ancestrais



Era tanta gente

Não acabava mais

Uns pediam passinho à frente

Tio do tio também é parente

A cidade toda

Veio ver o Tomás

Que nascera, que maravilha

O menino, filho da filha

Que dormia em paz

Sonhava que juntou

Os tios os pais

Com todos os demais



2 comentários:

Javier Narváez 1ºA disse...

olá, aqui deixo uma canção que o meu pai diz que foi um grande succeso em Portugal há alguns anos.
Na canção as palavras que diz o cantante espanhol repitem-se em portugues por outro cantante.
http://youtu.be/BN9Q1sPI2y0 . Sou o Javier Narváez da turma 1ºA

Pedro L. Cuadrado disse...

Javier, muito obrigado pelo teu comentário. Agradece ao teu pai. Vou aproveitar para o vosso blogue ou para o dos vossos colegas mais velhos.

Cumprimentos