Bairro de Alfama e Rio Tejo em Lisboa

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

"Um, dois, três... " (Fernando Pessoa)

Pessoa numa caricatura de William Medeiros


O poeta português Fernando Pessoa escreveu muita poesia para crianças porque ele tinha vários sobrinhos e gostava muito de brincar com eles.


 [Um, dois, três...]

Um, dois, três...
Pé ante pé...
O que é?
Há só luar
Arvoredo
Um homem a medo
Um dois três
A passar.

Um, dois, três
Outra vez
Pé ante pé
Vai, vêm, vão...
Não virei, por causa do mês,
Apesar de tudo sou marquês...
Um, dois, três
Quem é?
Quem são?