Bairro de Alfama e Rio Tejo em Lisboa

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Parêmia de cavalo (Carlos Drummond de Andrade)



Não vamos esquecer que a palavra cavalo se escreve em português com v, pois não? O poeta brasileiro que escreveu estes versos, Carlos Drummond de Andrade,  nasceu num dia como este, 31 de outubro, mas do ano 1902, em princípios do século passado. Nós continuamos a ler os seus poemas e as suas palavras, como esta citação:

"Brincar com crianças não é perder tempo, é ganhá-lo; se é triste ver meninos sem escola, mais triste ainda é vê-los sentados enfileirados em salas sem ar, com exercícios estéreis, sem valor para a formação do homem."

Eu espero é que vocês aprendam português e conheçam uma parte do mundo através da língua portuguesa.


PARÊMIA DE CAVALO

Cavalo ruano corre todo o ano
Cavalo baio mais veloz que o raio
Cavalo branco veja lá se é manco
Cavalo pedrês compro dois por mês
Cavalo rosilho quero com filho
Cavalo alazão a minha paixão
Cavalo inteiro amanse primeiro
Cavalo de sela mas não pra donzela
Cavalo preto chave de soneto
Cavalo de tiro não rincho, suspiro
Cavalo de circo não corre uma vírgula
Cavalo de raça rolo de fumaça
Cavalo de pobre é vintém de cobre
Cavalo baiano eu dou pra fulano
Cavalo paulista não abaixa a crista
Cavalo mineiro dizem que é matreiro
Cavalo do sul chispa até no azul
Cavalo inglês fica pra outra vez.

Carlos Drummond de Andrade




Amanhã é feriado



Este fim de semana é um bocadoinho mais comprido para nós, cá em Espanha, porque amanhã, sexta-feira, é feriado (religioso, Dia de todos os Santos). Mas, infelizmente, para os nossos vizinhos portugueses é mais um dia. Porquê? A maldita crise. Não há fim de semana prolongado para eles.






terça-feira, 29 de outubro de 2013

Encontro Palavras Andarilhas - O camponês e a caixa



O camponês e a caixa é um conto contado por José Paulo Santos, aqui no Encontro Palavras Andarilhas, de Beja, que reune contadores, aprendizes e entusiastas do grande mundo da tradição oral.

E tem uma bonita moral, não tem?



segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Uma zebra e umas mãos de Alexandre Sato




Alexandro Sato é brasileiro, mas podemos ter uma ideia de onde é que provém a família dele. No Brasil há muitos, sobretudo na cidade de S. Paulo.







sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Lado lunar (Rui Veloso)



No livro vamos conhecer o cantor portuense Rui Veloso. Antes de lá chegar na próxima semana, podem escutar esta canção. Os alunos do 2º ano podem aproveitar também, não é?

Reparem como é que se diz "estribillo" em portugués: refrão.


LADO LUNAR 

Não me mostres o teu lado feliz
A luz do teu rosto quando sorris
Faz-me crer que tudo em ti é risonho
Como se viesses do fundo de um sonho

Não me abras assim o teu mundo
O teu lado solar só dura um segundo
Não é por ele que te quero amar
Embora seja ele que me esteja a enganar

[Refrão]

Toda a alma tem uma face negra
Nem eu nem tu fugimos à regra
Tiremos à expressão todo o dramatismo
Por ser para ti eu uso um eufemismo
Chamemos-lhe apenas o lado lunar
Mostra-me o teu lado lunar

Desvenda-me o teu lado mausão
O túnel secreto a loja de horrores
A arca escondida debaixo do chão
Com poeira de sonhos e ruínas de amor

Eu hei-de te amar por esse lado escuro
Com lados felizes eu já não me iludo
Se resistir à treva é um amor seguro
à prova de bala à prova de tudo

[refrão]

Mostra-me o avesso da tua alma
Conhecê-lo e tudo o que eu preciso
Para poder gostar mais dessa luz falsa
Que ilumina as arcadas do teu sorriso

Não é por ela que te quero amar
Embora seja ela que me vai enganar
Se mostrares agora o teu lado lunar
Mesmo às escuras eu não vou reclamar


Rui Veloso



O que é um “xi-coração” (ou “chi-coração”)?



A maioria das vezes lemos xi-coração, mas reparem nas seguintes palavras do Ciberdúvidas da Língua Portuguesa. O que acontece é que a letra x (xis) se pronuncia também como o ch (cê agá) , e é apenas uma letra, daí é possível vir a confusão.

Não se escreve “xi-coração”, mas sim chi-coração. Significa abraço na linguagem infantil. É um abraço carinhoso. O elemento chi é de origem onomatopeica/onomatopaica. Quando se dá um chi-coração, emite-se um som semelhante ao da sílaba chi. O chi-coração é um abracinho que vem do coração.

Também se diz apenas chi: «Ó pequerrucha, toma lá um chi, um chizinho do meu coração».







Gostam de chocolate?


Há quem goste de chocolate, e há também quem adore. Também há de haver quem não goste, claro.

E vocês? Porque não respondem nos ComentáriosEu gosto muito de chocolate, ou Eu adoro chocolate, ou sei lá, Eu não gosto de chocolate, Eu detesto chocolate... Não se esqueçam de se identificar.








quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Dia 24 de outubro: Hoje estamos em greve



Contra a "Ley Orgánica de la Mejora de la Calidad Educativa", mais conhecida como "Ley Wert" (v. aqui)



Dicionário Priberam

greve

(francês grève)
substantivo feminino

1. Interrupção voluntária e colectiva de actividades ou funções, por parte de trabalhadores ou estudantes, como forma de protesto ou de reivindicação.





quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Portugal Selvagem - O Magnífico Lobo Ibérico



O Parque Natural de Montesinho (PNM) situa-se no Nordeste Transmontano (Portugal). Tem uma dimensão de cerca de 75 mil hectares.

Apresenta um relevo heterogéneo, com planaltos ondulados cortados por profundos vales encaixados, bem como algumas serras, das quais as duas mais importantes são a Serra de Montesinho, a norte de Bragança, e a Serra da Coroa, a norte de Vinhais. As altitudes variam entre os 1486 metros, na Serra de Montesinho e os 438 metros no leito do rio Mente.

Nele existe extensa biodiversidade, habitando espécies como o lobo-ibérico, a corça ou o veado.

O PNM conflui a norte com a Espanha, percorrendo a fronteira com as comunidades da Galiza e de Castela-Leão, e a oeste e a este também com a Espanha (Galiza e Castela-Leão, respectivamente). No oeste faz por breve trecho fronteira com o concelho de Chaves, sendo que a sul continua inserido nos concelhos de Vinhais e de Bragança.



sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Vamos brincar



Brincar é um falso amigo, como todos vocês sabem, e se não, ficam a saber agora. Vejamos a definição do dicionário Priberam:

1. Divertir-se. 2. Entreter-se com alguma coisa infantil.

Então ficou claro? Estes meninos estão a brincar, não estão a jogar. Jogamos futebol, basquetebol, andebol, etc, jogamos xadrez...


No espanhol "brincar" é bem diferente, é um sinónimo do verbo "saltar". Reparem, em português NÃO.





quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Estes são Os Mutantes!!!



Os Mutantes, numa atuação de 2009 em Nova Iorque, muito tempo depois de terem desaparecido como banda, interpretam A minha menina e Baby.
 
A MINHA MENINA

Ela é minha menina
Eu sou o menino dela
Ela é o meu amor
E eu sou o amor todinho dela
A lua prateada se escondeu
E o sol dourado apareceu

Amanheceu um lindo dia
Cheirando a alegria
Pois eu sonhei
E acordei pensando nela

Pois ela é minha menina
E eu sou o menino dela
Ela é o meu amor
E eu sou o amor todinho dela

A roseira já deu rosas
E a rosa que eu ganhei foi ela
Por ela eu ponho o meu coração
Na frente da razão
E vou dizer
Pra todo mundo
Como gosto dela

Pois ela é minha menina
E eu sou o menino dela
Ela é o meu amor
E eu sou o amor todinho dela

Minha menina,
Minha menina...

E em baixo podem escutar a versão original de A minha menina., que já foi publicada há algum tempo no blogue, para vocês compararem. Aliás, o som é muito melhor do que no vídeo.


A Minha Menina by Mutantes on Grooveshark



quarta-feira, 16 de outubro de 2013

O leite é branco

 Alguém adulterou leite no Brasil com água oxigenada

Recuperamos esta mensagem porque há alunos que ainda pensam que a palavra leite é feminina em português, como acontece em espanhol.

Pois é, o leite, e não a leite. A palavra espanhola "leche" é feminina, sim, mas a palavra portuguesa leite é masculina, e daí o artigo, e a concordância com o adjetivo:

O leite é bom 
O leite é branco

Se o leite não é de boa qualidade, teríamos de dizer, é claro, que o leite é mau.
Quais são os diferentes tipos de leite comercializados? Leite gordo, leite meio-gordo e leite magro.



Dois desenhos de Alexandre Esgaio



Chapéus coloridos



Dois desenhos de Alexandre Esgaio, ilustrador português que nasceu na Nazaré, que fica na Região Centro, mesmo ao lado do mar. Agora que o tempo começa a ser um pouco mais fresco, vejam aí essa praia e os chapéus de sol coloridos... Dá para sentir saudades do verão.

Para outro dia vemos aqui uns postais desta vila e podíamos ficar a saber da lenda da Nazaré.



sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Ó rama, ó que linda rama (Vitorino e Mª Teresa Silva Carvalho)


Ó rama, ó que linda rama é uma canção tradicional do Alentejo, a região portuguesa vizinha da nossa Comunidade.

É a segunda vez que esta canção pode ser escutada aqui. Mais uma vez? Porquê? Porque é muito bonita e podemos escutá-la em duas versões: a de Vitorino e a de Maria Teresa Silva Carvalho.


Ó rama, ó que linda rama.
Ó rama da oliveira!
O meu par é o mais lindo
Que anda aqui na roda inteira!

Que anda aqui na roda inteira,
Aqui e em qualquer lugar,
Ó rama, que linda rama,
Ó rama do olival!

Eu gosto muito de ouvir
Cantar a quem aprendeu.
Se houvera quem me ensinara,
Quem aprendia era eu!

Não m'invejo de quem tem
Parelhas, éguas e montes;
Só m'invejo de quem bebe
A água em todas as fontes.


 







Livros em toda a parte



Os livros precisam estar ao alcance das mãos. Em todo lugar. Na sala, no banheiro, na cozinha, no quarto. Muito útil é uma pequena estante na frente da privada, com livros de leitura rápida. Livros de arte, por exemplo! É preciso que as crianças e jovens aprendam que livros são mundos pelos quais se fazem excursões deliciosas.

Rubem Alves - Trecho do texto Casas que emburrecem


Vocabulário
o banheiro = a casa de banho (Portugal)
a privada = a sanita (Portugal)




quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Um verso de Manoel de Barros



O que veem na gravura chama-se berço em português. E o que se pode ler por cima dele é um verso de um poeta brasileiro que nasceu em 1916 (reparem na data!) e ainda é vivo: Manoel de Barros.

Percebem? Outra maneira de dizer isso seria "Há pessoas que nascem poetas", mas fica melhor como Manoel de Barros escreveu, claro. Ele é um grande poeta.



(Fonte: Humor inteligente)




quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Colombo aponta no Google (Thiago Castor)



Uma obra de Thiago Castor, ilustrador e designer gráfico que mora na cidade de João Pessoa, no estado brasileiro de Pernambuco.





terça-feira, 8 de outubro de 2013

Arcadu desenhou



Coitada da árvore! Alguém cortou, mas este homem está a "consertá-la"... 

Todos devemos cuidar da Natureza, percebem?




Programa "Falamos Português" de 5 de outubro de 2013


Cliquem no link do programa Falamos Português emitido no Canal Extremadura no passado dia 5 de outubro.

Na lição fala-se das rotinas diárias, e é revisado o vocabulário dos dias da semana, mais palavras e frases ligadas com a alimentação e as férias. E, já sabem, com legendas em espanhol.





segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Yuka, um mamute-bebé com 39 mil anos

 

O casco do mamute continua intacto. O corpo de Yuka à chegada ao Japão: parte do animal, com três metros de comprimento, ainda tem pêlos aloirados

Yuka, um mamute-bebé com 39 mil anos, é a estrela de uma exposição 

A vontade de resgatar o mamute da extinção está a ganhar força.

A última vez que um humano viu um mamute-lanudo vivo poderá ter sido na ilha de Wrangel, no oceano Árctico, a norte da Rússia. Nesta ilha, que hoje tem uma área equivalente à nossa Beira Baixa, viveu a última população desta espécie que terá desaparecido da Terra há menos de 4000 anos. Há também vestígios humanos na ilha com datas semelhantes, o que permite imaginar que eles e nós nos cruzámos.

No resto da Sibéria, o mamute desapareceu há 10.000 anos, depois de uma diminuição das populações que ainda não está bem explicada. Mas nos séculos e milénios seguintes o gelo foi oferecendo aos humanos da Sibéria testemunhos desses tempos, como corpos de mamutes e as suas presas. Nos últimos dois séculos, estes vestígios têm sido um presente para a paleontologia e para o nosso imaginário da pré-história.

Uma das descobertas recentes mais impressionantes foi a de um mamute-bebé que chegou agora ao Japão para ser apresentado numa exposição, entre 13 de Julho e 16 de Setembro, em Yokohama, uma cidade a sul de Tóquio.


(É uma noticia do mês de julho, que li no diário Público. A notícia completa no link)



sábado, 5 de outubro de 2013

5 de Outubro - Implantação da República



Praça da República em Vila-Viçosa, muito perto de Badajoz. No dia 5 de Outubro de 1910 foi implantada a República.

Hoje não é feriado em Portugal pela primeira vez. A maldita crise...Podem ler em baixo




O primeiro 5 de outubro que não é feriado

O feriado de 5 de outubro foi eliminado no ano passado em conjunto com os feriados da Restauração da Independência e os feriados religiosos de Corpo de Deus e do Dia de Todos os Santos. 

(A notícia aqui)



sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Um belo sorriso para o Dia Mundial do Sorriso



Eu não sabia que existisse um Dia Mundial do Sorriso, mas, pelos vistos, existe. Aproveitamos para recordar que sorrir, e rir também, é claro, faz bem à nossa saúde.

Lemos o seguinte: "O Dia Mundial do Sorriso assinala-se anualmente na primeira sexta-feira de outubro. Em 2013, a efeméride decorre a 4 de outubro."

Agradecemos esta fotografia de Shishir Thakur. Não sabemos onde é que ela foi tirada. Será na Índia? Não faz mal. Um sorriso como o desta menina serve para vos desejar um bom fim de semana.

Ah, mais uma coisa. Como é que se diz butterfly em português? Diz-se borboleta.



Soltando pipa (Daniel Mendes)



Esta fotografia de Daniel Mendes intitula-se Soltando pipa. Como podem ver, esta palavra é um falso amigo: esta pipa não se come. No Brasil é um "Brinquedo de papel ou de paninho, de forma oval, triangular ou quadrangular, que se lança ao vento, ficando preso por uma guita."

Em Portugal dizem papagaio.

O que nós dizemos "pipas" são pevides em português. As pevides que todos temos comido muitas vezes são de girassol e de abóbora.


Aqui um menino corre soltando pipa...




quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Um melro das rochas


Isidro Vila Verde já cá tem estado mais vezes. Hoje traz-nos esta fotografia de um melro das rochas (Monticola saxatilis), que ele tirou na Serra da Freita, em Portugal.

Este passarinho também pode ser visto em Espanha, onde é conhecido como "roquero rojo".






quarta-feira, 2 de outubro de 2013

"Falamos português" em Canal Extremadura - 14 de setembro de 2013



Clicando no link podem ver o primeiro programa desta temporada (14 de setembro) de Falamos Português, legendado na nossa língua. Este programa é emitido por Canal Extremadura.