Bairro de Alfama e Rio Tejo em Lisboa

sábado, 28 de abril de 2012

Semana do Departamento de Línguas - Castelo Branco


A nossa visita a Castelo Branco coincidiu com a Semana do Departamento de Línguas na EBI João Roiz

Foi uma grande sorte para todos nós porque pudemos aproveitar parte das atividades organizadas, das quais salientamos a peça de teatro Farsa de Maria Parda, de Gil Vicente, ou o Serão cultural, onde nós também participamos, mas lá em cima pode ser lido o programa completo.




quarta-feira, 25 de abril de 2012

O que foi o 25 de Abril?


Retirado do blogue O Clube dos 3D, e escrito pela professora Mafalda Cardoso, tomamos emprestado o seguinte para que vocês compreendam o que foi o 25 de abril em Portugal. Foi escrito para meninos mais pequenos do que vocês.

Considera-se, em termos gerais, que esta revolução trouxe a liberdade ao povo português (denominando-se "Dia da Liberdade" o feriado instituído em Portugal para comemorar a revolução). O dia 25 de Abril é feriado porque se comemora a Liberdade. Portugal passou a ser uma Democracia em vez de uma Ditadura.




Houve uma altura em Portugal, que as pessoas que cá viviam não eram livres. Não eram livres de falar, de discordar, não eram livres de dar a sua opinião. Tinha de se ter muito cuidado com o que se dizia e com o que se escrevia. Se não o fizessem iam presos.

Mas vários grupos de homens e mulheres de grande coragem começaram a revoltar-se e apesar de muitos terem ido presos, muitos continuaram a reunir-se em segredo e um dia conseguiram reunir forças para libertar o país desse governo a que chamava Ditadura porque os homens só podiam fazer o que lhes era ditado. Nesse dia muita gente festejou com os soldados que libertaram o país. Os homens que lideraram a revolução ficaram conhecidos como os capitães de Abril. E mais importante ainda, a nossa liberade foi conquistada sem se derramar sangue. Sem ter havido uma morte sequer. Uma florista que ia a passar levava cravos na mão e começou a oferecê-los aos soldados. Assim o 25 de Abril é festejado como o dia da liberdade em Portugal e os cravos são o seu símbolo.



A canção "Grândola, Vila Morena", de José Afonso, ouvida na rádio aquela madrugada do dia 25 de abril, confirmou que a revolução seguia para a frente. É uma canção mítica para os portugueses.


GRÂNDOLA, VILA MORENA

Grândola, vila morena
Terra da fraternidade
O povo é quem mais ordena
Dentro de ti, ó cidade

Dentro de ti, ó cidade
O povo é quem mais ordena
Terra da fraternidade
Grândola, vila morena

Em cada esquina um amigo
Em cada rosto igualdade
Grândola, vila morena
Terra da fraternidade

Terra da fraternidade
Grândola, vila morena
Em cada rosto igualdade
O povo é quem mais ordena

À sombra duma azinheira
Que já não sabia a idade
Jurei ter por companheira
Grândola a tua vontade

Grândola a tua vontade
Jurei ter por companheira
À sombra duma azinheira
Que já não sabia a idade







Um desenho de Ana Paula Santos


Ana Paula Santos é a autora deste desenho.




segunda-feira, 23 de abril de 2012

Uma menina a ler e Miguel Torga


Não sabemos quem foi o autor desta fotografia cujo título é Leitura. Uma boa fotografia para este Dia do Livro, ou melhor, para qualquer dia do ano.

E aqui alguma coisa para ler. O começo de um conto intitulado "Tenório", que pertenece ao livro Bichos, escrito por Miguel Torga.


TENÓRIO

Esta é a história verdadeira de Tenório, o galo. 

Nascido duma ninhada que a senhora Maria Puga deitou amorosamente debaixo das asas chocas da Pedrês, em doze de Janeiro, pelas três da tarde, quando a velhota o viu sair da casca, disse logo:

- É frango. 

E realmente. Aquela amostra de crista que trazia do ovo, poucas semanas depois, parecia já uma mitra. E ninguém mais duvidou de que era frango macho. Dos dois irmãos, muito tinhosos, sempre enjeridos, desses é que a incerteza se manteve por largo tempo.

- Que te parece, António?

- Eu sei-te lá, mulher!... 

- O da dianteira está-se mesmo a ver. Aquelas três são pitas, com certeza. Agora estes enxalmos... 

Frangos também, mas fracos. Mal viam gavião sobre o quintal, metiam nojo: 

- Piu... Piu... Piu... 

Lá parava a mãe de esgadanhar. 

- Piu... Piu... Piu... Até metidos nos sovacos da progenitora se borravam! Ele, porém, continuava ao ar livre, a desafiar o inimigo, que planava lá no alto. 

- Há-de ficar para galo! 

E a sujeita tinha palavra. Em Maio, por alturas da Ascensão, ao dar de caras com os irmãos degolados e depenados, ainda lhe tremeu a passarinha. Olha que brincadeira! Felizmente que a dona sabia distinguir o trigo do joio, e o deixava para semente... Um futuro bonito, afinal! É certo que não estava nesse momento em condições de apreciar devidamente a grandeza da sorte que lhe coubera. Muito embora a simples certeza de viver lhe enchesse a alma duma confiança cega no porvir, só daí a algum tempo é que viu claramente o tamanho do seu destino. Quando tal compreendeu, cuidou que estalava de orgulho. (...)







domingo, 22 de abril de 2012

Um marcador de livros albicastrense


Este é o marcador de livros que os alunos do 2º e do 3º anos da nossa escola que fizeram o intercâmbio com a EBI João Roiz de Castelo Branco receberam na sua visita à moderna e esplêndida Biblioteca desta cidade na passada segunda-feira, dia 16, pouco de pois da nossa chegada.

Serve para "preparar" o Dia do Livro, amanhã,






Despedida em Castelo Branco


Foi anteontem. Despedida dos alunos portugueses e espanhóis à porta da EBI João Roiz de Castelo Branco. Ai, tanta lágrima! "Queremos ficar", diziam alguns. Como não pensar na palavra saudade? Poucos alunos do 2º ano conheciam esta palavra tão própria da língua portuguesa e o significado. Havemos de falar dela e vão aprender mesmo.

Bom, não tarda, e já cá estão em Badajoz os nossos amigos portugueses. Eles chegam no dia 14 de maio, faltam três semanas apenas. 

E agora, depois de tudo o que fizeram e aprenderam em Castelo Branco, toca a estudar e trabalhar, meninos e meninas!


segunda-feira, 16 de abril de 2012

Trabalho para a semana de 16 a 20 de abril




ALUNOS DO 1º E DO 2º ANOS

Este é um trabalho divertido... Pode ser um trabalho divertido? Pode, sim. Nas aulas desta semana vão explorar o sítio Júnior da Texto Editora

É um dos muitos links que têm na parte direita do blogue. Há muita coisa aí, atividades e sugestões de diferentes níveis, para vocês aprenderem. Quando eu voltar, pergunto para saber o que aprenderam.

Este é o link: Júnior



sexta-feira, 13 de abril de 2012

Dias 16 a 20 de abril: Intercâmbio com Castelo Branco

EBI João Roiz de Castelo Branco

O Professor despede-se até à semana que começa no dia 23 de abril, Dia do Livro. Na semana de 16 a 20 estará com um grupo de 20 alunos do 2º e do 3º anos desta Escola em Castelo Branco a relizar um intercâmbio com a EBI João Roiz de Castelo Branco.

Aqui podem saber mais sobre esta Escola.


terça-feira, 10 de abril de 2012

A Praia Vermelha vista do Pão de Açúcar (Ruby Ferreira)


Ainda falta tempo para a praia, mas voltamos depois das férias da Páscoa com esta bela imagem do Brasil.

Esta fotografia foi tirada em finais de novembro do ano passado no Rio de Janeiro, quando faltava  pouco para o verão começar no hemisfério sul. A autora, Ruby Ferreira, dá-nos um dado: ela tirou a fotografia do Pão de Açúcar.

Para quem não souber o que é o Pão de Açúcar, podemos dizer-lhe que "é um pico situado no Rio de Janeiro, na entrada da baía da Guanabara  (...)  com 396 metros de altura."

Outro dia publicaremos outro postal com este pico. Por enquanto, ficam as águas desta Praia Vermelha "assim chamada porque a areia fica avermelhada quando o Sol se põe."

(Recebemos uma ajudinha da Wikipédia)